Manifestação de apoio à validação da chapa inscrita para o processo eleitoral de escolha de Diretor e Vice Diretor, das escolas municipais de BH (triênio 2022/23/24) e continuação do pleito na EMUG.

À Senhora Secretária Municipal de Educação de Belo Horizonte

À Comissão Eleitoral Central da Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte

Ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Belo Horizonte – Sind-REDE.   

 

Nós, da Comunidade Escolar da Escola Municipal Ulysses Guimarães - EMUG (servidores, funcionários, estudantes, pais e/ou responsáveis legais), colaboradores, parceiros e demais frequentadores da escola, vimos por este abaixo assinado, manifestar nosso apoio à chapa inscrita para o processo eleitoral de escolha para diretor e vice diretor de escolas municipais e de escolas municipais de educação infantil da rede municipal de ensino de Belo Horizonte, e total discordância à Decisão 001/2021 da Comissão Eleitoral Central da Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte, baseada em decisão judicial.

Direcionamos também, nossa discordância ao Sind-REDE, que ingressou judicialmente contra a realização do processo eleitoral, em algumas escolas da rede, incluindo a nossa, sem tratar da questão com as comunidades escolares envolvidas. O sindicato representa os servidores da educação, uma das partes essenciais que compõem a escola, mas não o todo, por isso, necessário e importante o diálogo.

Buscamos, ao demonstrar nosso apoio, pedir a validação da chapa 1, única chapa inscrita na EMUG, composta pela atual gestão, que vem demonstrando relevantes ações pelo bem comum de todos, melhorias na estrutura física da escola, que tanto tem contribuído para o melhor atendimento e acolhimento de toda comunidade escolar e as contínuas intervenções pedagógicas, com atenção ao aprendizado e desenvolvimento dos estudantes.

A intempestividade da decisão, além de surpreender à todos, gerou uma insegurança na EMUG, com a suspensão do processo eleitoral, que vinha sendo amplamente divulgado e cumprido em todas suas etapas, e que por interferências externas, sem nenhuma consulta aos membros da nossa comunidade - e por isso, consideramos que não nos representa -, não possibilitando a manifestação da nossa vontade, instabilizando nossas perspectivas para o próximo triênio (2022/2023/2024), em um momento onde a retomada de todas as atividades escolares regulares, vem sendo construída, considerando a comunidade escolar e suas particularidades, observadas no plano de gestão construído e apresentado, pela chapa inscrita.

Nosso entendimento é de que quaisquer divergências ou questionamentos, além de deverem ter sido anteriormente discutidas, deveriam também, considerar a realidade de cada escola e sua comunidade escolar. Nunca defenderemos ilegalidades, caso elas existam, mas uma ampla discussão deveria ter antecedido quaisquer decisões, e não justificá-las agora, no argumento de “transparência do processo eleitoral".

Vale ressaltar, que todo o cronograma proposto, foi regularmente cumprido, até 02/12/2021, quando fomos comunicados da decisão de suspensão:. documentação exigida para o registro de chapa, foi devidamente apresentada, no prazo previsto, pelas candidatas inscritas, capacitando-as a concorrerem ao pleito, pois atenderam à todos os requisitos exigidos; o registro da chapa amplamente divulgado, sem que houvesse pedidos de impugnação, como poderia ocorrer; campanha eleitoral e apresentação das propostas, à comunidade escolar, realizada, demonstrando a capacidade de gestão para o próximo triênio; organização da escola, para o dia do pleito, finalizada e divulgada. A comunidade já estava pronta para a votação, 

Diante disso, reiteramos o nosso apoio à candidatura e nosso pedido de validação da única chapa concorrente no processo eleitoral, com a realização do pleito e a devida votação, de acordo com o previsto na Portaria SMED n.º 225/2021 e suas alterações, formulada pela Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte, em conformidade com o qual, a chapa foi inscrita e o processo eleitoral, que amplamente divulgado, já vinha mobilizando aos interessados, estava sendo conduzido.

Após quase 02 (dois) anos de suspensões, alterações e novas sistematizações de nossas atividades escolares regulares, provocadas pelas, tão necessárias, ações de combate ao COVID/19, desejamos o encerramento e início de novos anos escolares e letivos, com mais tranquilidade, autonomia e a certeza da continuidade do fortalecimento de vínculos e a constante participação da nossa comunidade escolar, em uma escola que ele valoriza e se sinta parte, nossa realidade nos últimos anos.


Comunidade Escolar EMUG    Contactar o autor da petição

Assine esta Petição

Ao assinar, autorizo que Comunidade Escolar EMUG entregue a informação que estou a fornecer neste formulário a quem tem poder nesta questão.


OU




Publicidade Paga

Anunciaremos esta petição a 3000 pessoas.

Saber mais...