Urgência para pessoas com Necessidades Especiais × Doença Mental

Olá, meu nome é Luciana, sou irmã/ mãe do Thiago que é um jovem portador de Deficiência Intelectual e Doença Mental; que após a morte da minha mãe veio viver para Portugal na tentativa de lhe oferecer uma vida mais digna do que sempre teve no Brasil. Ele está no meu seio familiar e integrado no centro de atividades Ocupacional desde 2017, mas desde 2019, começou com comportamentos agressivos que posteriormente, levaram a surtos psiquiátricos; onde fui buscando estratégias e até mesmo trabalho nesta área; que em 2021 por mais que me custou tive a consciência que sozinha não conseguiria uma vez que foi só piorando as crises. Dado que tenho crianças de 9 e 5 anos r que foram presenciando e que ficaram muito afectados emocionalmente. E para meu desespero e da minha família, sempre que buscava resposta social só me diziam a mesma coisa : NÃO HÁ VAGAS ; tem que se esperar mas para nós o tempo não jogava a favor pois a qualquer momento poderia haver uma fatalidade em uma de suas crises além de todo sofrimento.

Ele se encontra a mais de 1 mês internado no hospital Psiquiatra Júlio de Matos em sofrimento; em situações deploráveis dr higiene pessoal. Um choro de desespero pois já não está em crise e sabe bem o que lhe tem passado que nem quero imaginar.

O meu coração está desfeito, pois ao saber que não o posso buscar pela situação dos meus filhos que vamos a tribunal pela CPCJ ; Tenho exposto a situação a a televisão pois visto que é uma situação a nível nacional. Estou desolada por não o conseguir pôr lo num lugar adequado a necessidade dele pois dado que ele não é doente agudo para lá ficar mas na ausência de resposta social que está tudo sobrelotação até quando vamos continuar a passar por essa tortura; por falta de vagas nas instituições que  por si só não conseguem fazer mais! A quem cabe atender esta população fantasma que é o que senti ao buscar ajuda e não ter; quantas famílias estão a passar o mesmo ? Até mesmo pelo próprio envelhecimento dos próprios e dos pais ? Até quando o GOVERNO vai fechar os olhos diante deste desespero vivido todos os dias.

Suplico ao GOVERNO que essa necessidade venha ser prioridade dentro das prioridades; não gastem o dinheiro público apenas em obras de pavimentação; em remodelação paisagística de praças e parques  urbanos; em ciclovias que pouco uso dão diante de pessoas que estão em sofrimento devido a falta de condições básicas; é uma questão de humanidade. 

Fica a minha súplica para; amigos ; conhecidos e familiares de quem conhece essa realidade de tão perto; acredito que a união faz a força e não podemos continuar calados... perante a gravidade da falta de resposta pois é a dignidade humana desta população fantasma. 

Assine esta Petição

Ao assinar, autorizo que Luciana Bucho entregue a informação que estou a fornecer neste formulário a quem tem poder nesta questão.


OU

Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua assinatura. Para se assegurar de que recebe os nossos emails, por favor, adicione o info@peticao.online à sua lista de contactos ou à lista de remetentes seguros.

Tenha em atenção que não pode confirmar a sua assinatura respondendo a esta mensagem.




Publicidade Paga

Anunciaremos esta petição a 3000 pessoas.

Saber mais...