GT # PROFESSORAS SIM

A valorização da Educação começa pelo Professor(a): #Professor Sim, Técnico em desenvolvimento Infantil Não A resolução 015/2014, Art. 11 fixa a necessidade da formação desde profissional da educação infantil;

Art.11 Para docência, regência de grupos, em Educação Infantil é necessário que o profissional tenha como formação o Curso Normal Superior ou Licenciatura e Pedagogia, sendo também admitida como formação mínima a oferecida em nível médio, na modalidade Normal (magistério). POA. CME, Resolução 015, de dezembro de 2014.

            As creches e escolas público-privadas de educação infantil em regime de parceria com o município de Porto Alegre, anterior a resolução 15, ainda se mantinham com referências de grupos e regências assumida por profissionais com ensino médio. Em sua maioria com cursos de profissional de apoio e auxiliar de desenvolvimento infantil, também para faixas etárias de 0 a 5 anos. A Resolução 015/2014 vem propor a qualificação destes profissionais, para um atendimento pleno que respeite leis como o PNE (Lei nº 13.005/2014), que tem como, na meta 18, o investimento no plano de carreira e entende que o reconhecimento do professor da educação básica faz parte do plano no que diz respeito a qualificação da educação.    Ao pensar na qualificação dos profissionais atuantes na educação de hoje, a proposta formativa deste movimento vem com a intencionalidade de trazer luz às leis: PNE (Lei nº 13.005/2014) e resolução 015/2014 que fomentam e normatizam a prática docente, no país, estados e municípios, esse último a quem se refere a educação infantil. Propomo-nos discutir a valorização deste profissional no exercício de suas atribuições conjuntas e reflexivas sobre os sujeitos da educação. Rotulados Técnicos do Desenvolvimento Infantil, mas que como professores atuam na escola público-privada. O movimento pretende trazer à luz os profissionais na busca de seus direitos e em como o município tem visto a qualificação da educação infantil. O impacto esperado com as ações deste movimento é o reconhecimento do exercício das funções, despertar para mudanças nos termos de parcerias, para efetivo cumprimento dos direitos dos profissionais atuantes na educação da rede parceirizada de Porto Alegre. O reconhecimento deste professor começa com sua educação continuada, seu valor como profissional e para com seu trabalho, alicerçando a construção de uma educação de qualidade, libertadora, inclusiva e universal.

Assim, nós educadoras/professoras das instituições de educação infantil, autorizamos o GT # PROFESSORAS SIM, a nos representar, conforme abaixo assinado:


Educação Infantil Porto Alegre    Contactar o autor da petição

Assine esta Petição

Ao assinar, autorizo que Educação Infantil Porto Alegre entregue a informação que estou a fornecer neste formulário a quem tem poder nesta questão.


OU

O seu endereço de email não será exibido publicamente online.

O seu endereço de email não será exibido publicamente online.

O seu número de telefone não será exibido publicamente online.







Publicidade Paga

Anunciaremos esta petição a 3000 pessoas.

Saber mais...