Pela Flexibilização das Atividades Acadêmicas

Boa tarde, professores (as).

Devido ao grande número de atividades/trabalhos e seus respectivos prazos de envio, muitos discentes encontram-se sobrecarregados e em sofrimento psíquico, decorrente do cenário mundial e abrupta ruptura com as atividades habituais.

Ao dialogar com nossos colegas de curso, identificamos as dificuldades mais gerais: complexidade do material, sem a habitual mediação do professor em sala de aula, não possibilitando uma aprendizagem efetiva. Atrelado a isso, os prazos de entrega são extremamente curtos e os trabalhos são muitos, devido à quantidade de disciplinas.

Ademais, é válido também ressaltar que nossa realidade inclui outras atividades e temos uma gama pluralidade de alunos que enfrentam dificuldades diárias para essa adaptação. Entre nós há mulheres, mães (que enfrentam maiores cargas de atividades diárias), idosos, pessoas sem acesso a computador e internet, além daqueles que possuem dificuldades para adaptação aos ambientes tecnológicos.

Buscamos por meio deste documento, possibilitar um período de quarentena mais tranquilo aos discentes da UFMS. O momento já é de grande tensão e preocupação, se tornando ainda mais difícil com a cobrança dessas atividades em dias específicos.

Tendo em vista a não suspensão temporária do calendário acadêmico, nós do CA, assim como membros de toda a sociedade acadêmica da UFMS-CPAR, temos algumas propostas:

1.      Maior flexibilização para a entrega dos trabalhos: gostaríamos que as presenças fossem validadas de maneira coletiva e que os trabalhos pudessem ser entregues aos respectivos professores quando as aulas voltarem à normalidade, para que assim, possamos nos aprofundar mais nos conteúdos de maneira tranquila, sem nos sentirmos pressionados e prejudicados com os prazos. Gostaríamos de ressaltar a  flexibilização com os prazos de entrega dessa semana. Muitos discentes estão viajando e se organizando em decorrência do período de quarentena, resultando numa falta de tempo para a aprendizagem e confecção destes trabalhos;

2.      Método mais eficaz para o repasse de conteúdo: acreditamos que o Ensino à Distância pode adquirir um caráter mais didático se os professores de cada matéria disponibilizarem vídeos/áudios de suas aulas para que assim o conteúdo seja absorvido e de fato aprendido pelos discentes. Como atividade complementar e não obrigatória, sugerir leituras e trabalhos, que valham, pelo menos, um ponto na média ao final do período de suspensão das aulas. Achamos injusto o trabalho/atividade como forma de presença apenas, tendo em vista sua complexidade sem o apoio pedagógico ideal.

Acreditamos no diálogo e nas decisões democráticas no âmbito acadêmico, de forma que conciliem necessidades de docentes e discentes. Nesse momento, pedimos maior compreensão às particularidades de cada um, tendo em vista o período caótico o qual estamos vivendo. Como futuros profissionais da área da saúde, não podemos deixar de levar em consideração as terríveis consequências psíquicas que tais medidas podem acarretar em diversos indivíduos. O isolamento, devido ao novo COVID-19, já exige muito de nossa saúde mental, as exigências com prazos para que possamos nos sentir aptos como estudantes, apenas intensificam essas consequências.

Agradecemos a compreensão e aguardamos um retorno.

Att,

Centro Acadêmico XV de Maio – União e Resistência.


Centro Acadêmico XV de Maio - União e Resistência    Contactar o autor da petição

Assine esta Petição

Ao assinar, eu autorizo Centro Acadêmico XV de Maio - União e Resistência a entregar a minha assinatura àqueles que têm poder nesta matéria.


OU

Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua assinatura. Para se assegurar de que recebe os nossos emails, por favor, adicione o info@peticao.online à sua lista de contactos ou à lista de remetentes seguros.




Publicidade Paga

Anunciaremos esta petição a 3000 pessoas.

Saber mais...

Facebook