Trabalhadores Civis dos Estabelecimentos Prisionais - COVID19

Ilustres colegas, pessoal civil, a prestar funções nos Estabelecimentos Prisionais do País:

Sempre nos disseram que era impossível chegarem casos importados de COVID19. Quando chegaram, disseram que não haveria casos locais. Quando surgiram os casos locais, disseram que podiam parar as cadeias de transmissão com ferramentas de saúde públicas... E o que temos visto? Andamos sempre atrasados atrás da epidemia.

Louvável o trabalho de todos os profissionais de saúde e segurança e todos os outros que trabalham diariamente, para que o nosso dia seja o mais "normal" possível.

Mas e nós? Alguém já ouviu alguma coisa sobre os profissionais, sem farda, que trabalham nos Estabelecimentos Prisionais do País? Estamos esquecidos, e pouco mais que entregues à própria sorte. Dizem-nos que a população prisional não é um risco para nós (já estão em quarenta e isolamento), mas que somos nós que podemos transportar o vírus para dentro dos Estabelecimentos... A DGS pede que fiquemos em casa. Todos os serviços, incluindo tribunais, estão a trabalhar, praticamente com serviços mínimos, com apenas 1 ou 2 funcionários por secção. O que vemos nós? Secções cheias de funcionários porque não há indicação superior para reduzir pessoal (e falo de um sistema de intermitência 50/50).

Desinfetantes para mãos e superfícies, onde estão? Luvas? Máscaras de proteção para quando se faz atendimento à população reclusa? (se somos nós o perigo, não deveríamos "proteger" os reclusos? Será que não haverá, já algum de nós - e espero sinceramente que não - que mesmo assintomático, possa estar contagiado e assim, passar a transmissão para este rastilho de pólvora que é a população reclusa?)

É necessário que a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, na pessoa do Exmº Senhor Diretor Geral, saiba que tem colaboradores, que se encontram de peito aberto e disposto a fazer o melhor que podem e sabem, mas pedem condições para tal... e não pedem muito. Apenas proteção para uma situação em que apenas todos, e em conjunto, possamos vencer esta batalha.

Não podemos ficar de braços cruzados à espera de ficarmos infetados, para depois lamentarmos o que poderíamos ter feito e não fizemos.

Por mim, por ti, por todos nós!


Pessoal Civil dos Estabelecimentos Prisionais    Contactar o autor da petição

Assine esta Petição

Ao assinar, eu autorizo Pessoal Civil dos Estabelecimentos Prisionais a entregar a minha assinatura àqueles que têm poder nesta matéria.


OU

Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua assinatura. Para se assegurar de que recebe os nossos emails, por favor, adicione o info@peticao.online à sua lista de contactos ou à lista de remetentes seguros.




Publicidade Paga

Anunciaremos esta petição a 3000 pessoas.

Saber mais...

Facebook