JUSTIÇA POR MARI FERRER! Pela revisão da manifestação do MP/SC.

Hoje o Brasil recebeu, a partir do jornal The Intercept, a manifestação do promotor do ministério público, que trouxe ao mundo a concepção de um crime que não existe (o estupro culposo) como forma de inocentar André Aranha da violência objetiva que ele cometeu contra a vítima, Mari Ferrer.

A função do Ministério Público no sistema de justiça brasileiro é de fiscal da lei e de titular da ação penal pública. Neste sentido, deveria ser função do ministério público zelar e proteger pelos direitos indisponíveis e os interesses dos indivíduos em contexto de vulnerabilidade.

O Ministério Público de Santa Catarina e a Justiça falharam no seu dever de zelar Mariana, e permitiram que ela fosse atacada, humilhada e que seu estuprador permanecesse livre. A função desta petição é ser um abaixo assinado para ser protocolado no ministério público contra as ações do Juiz e do promotor - que representava o próprio ministério.

Assine esta Petição

Ao assinar, eu autorizo UJS FEMINISTA a entregar a minha assinatura àqueles que têm poder nesta matéria.


OU

Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua assinatura. Para se assegurar de que recebe os nossos emails, por favor, adicione o info@peticao.online à sua lista de contactos ou à lista de remetentes seguros.

Tenha em atenção que não pode confirmar a sua assinatura respondendo a esta mensagem.




Publicidade Paga

Anunciaremos esta petição a 3000 pessoas.

Saber mais...

Facebook