Não à reforma da previdência de Dória! Sim ao debate democrático!

Comentários

#1

Porque precisamos manter a dignidade do servidor público do Estado de São Paulo

Fernando Coelho (Canpinas, 2019-11-28)

#9

Existe uma importante discussão a ser feita antes de impor qualquer legislação que prejudique o funcionalismo público e consequente serviço público oferecido a população.

Dayse Dos Santos (Bauru, 2019-11-28)

#13

Sou contra a proposta sem discussão.

Marcos Tavares (Botucatu, 2019-11-28)

#14

QUEM VOTA CONTRA O SERVIÇO PÚBLICO, VOTA CONTRA O POVO PAULISTA!

Luis Paschoarelli (Bauru, 2019-11-28)

#17

Não é possível colocar todos os funcionários públicos numa vala comum... Assim como não é possível.colocar todos os políticos numa vala comum... Temos história... Temos luta, sacrifício e dedicação. Temos famílias.... Temos orgulho de ser funcionários públicos....

Luiz César Ribas (Botucatu, 2019-11-28)

#18

QUEM VOTA CONTRA O SERVIÇO PÚBLICO, VOTA CONTRA O POVO PAULISTA

Augusta Colomera Paschoarelli (Lençois Paulista, 2019-11-28)

#22

É injusta e causará um rombo para a SPPREV a longo prazo. Essa reforma causará total desinteresse pelo ingresso ao serviço público dos mais jovens. Com a carreira prejudicada, instituições sucateadas e salários continuando arrochados não haverá quem entre no sistema para manter os níveis de contribuição. O fim do abono de permanência tira o incentivo aos mais experientes continuarem a trabalhar e sem novos concursos o serviço público ficará prejudicado.

Ricardo Grigoli (São Paulo, 2019-11-28)

#23

Sou funcionária públicae serei prejudicada.

Caroline Hilsdorf (Rio claro, 2019-11-28)

#27

Porque todas as partes interessadas devem ser previamente ouvidas para ampla discussão.

Fernando Andrada E Silva (São Paulo , 2019-11-28)

#29

O funcionalismo não merece retrocessos

Solange Aranha (São Jose do Rio Preto , 2019-11-28)

#33

O funcionalismo público paulista merece respeito.

Ângela Soligo (CAMPINAS, 2019-11-28)

#39

Esta reforma da previdência (PEC 18/2019 e PLC 80/2019) tem como objetivo a desestruturação dos serviços públicos em geral no estado de São Paulo. Obviamente, estão também visadas neste desmonte as escolas públicas e as universidades.

MATTHIEU TUBINO (CAMPINAS, 2019-11-28)

#44

QUEM VOTA CONTRA O SERVIÇO PÚBLICO, VOTA CONTRA O POVO PAULISTA

Paulo Rodrigues (Bauru, 2019-11-28)

#51

Proposta absurda em sua concepção, retirando direitos e aumentando a contribuição, um ataque do governo Dória a todo serviço público estadual , sem o devido debate democrático acerca da questão previdenciária.

Francisco Miraglia (São Paulo , 2019-11-28)

#62

É preciso defender os direitos dos trabalhadores e valorizar os serviços públicos, função precipua do Estado. Contra o desmantelamento dos serviços públicos.

Vandei Pinto da Silva (Marília, 2019-11-29)

#67

A reforma da previdência tem que ser feita aos políticos

Maria José Majô (BOTUCATU, 2019-11-29)

#70

Funcionária pública estadual

Tânia Pereira (Araraquara, 2019-11-29)

#71

Chega de atitudes contra a educação pública!

Walter Carnielli (Campinas , 2019-11-29)

#74

Estou assinando porque vivemos em uma democracia e tudo tem que ser conversado

CLEIDE DE SOUZA (Bauru, 2019-11-29)

#77

Eu estou assinando porque essa reforma vai penalizar os menores salários sem atacar os que recebem mais ou até acima do teto estadual.

Marcos Guaraldo (Bauru-SP, 2019-11-29)

#82

Discordo da reforma apresentada pois pôe em risco a estrutura qualificada de serviços, educaçao e saude que o estado de spaulo construiu ao longo de decadas.

Rachel Meneguello (Campinas, 2019-11-29)

#83

Sou servidora pública

Sandra Amorim (Rio Claro - SP, 2019-11-29)

#87

Sou contra a reforma

Lucelia Masotti (Araraquara , 2019-11-29)

#89

Leonel constantino lopes

Leonel Lopes (Bairu, 2019-11-29)

#91

Em defesa da dignidade humana e dos direitos historicamente conquistados pelos trabalhadores!

Fabio Ocada (Marília, 2019-11-29)

#99

Porque sanar problemas com previdência é evidente que se faz necessário em razão apenas do aumento da expectativa de vida, porém os governantes atuais estão usando isso de subterfúgio para aplicarem outras medidas que vão muito além da simples correção em razão do aumento da idade média da população e da expectativa de vida. Ou seja, estão utilizando a justificativa de reformar a previdência, para caçar direitos e conquistas, que protegem os trabalhadores, fazendo-os pagar mais, trabalhar por mais tempo e dificultar o acesso à aposentadoria, restringindo de seus direitos, tudo simultaneamente e de forma indiscriminada. Enquanto isso dividem a população numa discussão polarizada sobre ideologias de esquerda e direita, sendo que o país nem de fato tem partidos que tenham viés ideológico, são apenas siglas, que representam grupos que lutam pelo poder.

Fernando Lobo (Bauru, 2019-11-29)

#100

Eu estou assinando porque não concordo sem antes uma ampla discussão sobre todas as pautas

Alexandre Catanzaro Gambacurta (ARARAQUARA, 2019-11-29)

#105

Absurdo aplicar essa legislacao ao funcionário público; estudamos, prestamos concurso público e nos dedicamos todos esses anos! Respeite-nos, por favor!!!

Sergio Marques (Marilia , 2019-11-29)

#124

Sou contra a reforma

Adilson Rodrigues Coração (Botucatu, 2019-11-29)

#129

Ser absurdo fizemos concurso público para entrar. E continuamos pagando após aposentadoria.

Márcia Regina Dos Santos Borgatto (Botucatu, 2019-11-29)

#137

Luta pela dignidade da categoria, sempre!

Gabriel Höfig de Castilho (Guaratinguetá, 2019-11-29)

#150

Após 30 anos no serviço público me sinto traído. Colocar a conta sobre o funcionalismo público é fazer com que toda esta classe de trabalhadores se desestimule.

Eugenio Zoqui (Campinas, 2019-11-29)

#152

Absurdo e desrespeitoso com o trabalhador!

Adriana Francisco (Limeira, 2019-11-29)

#153

Não concordo

Samuel Duarte Da Costa (Campinas , 2019-11-29)

#161

Enquanto as universidades públicas paulistas avança a passos largos na CURA do câncer (veja o trabalho da USP em 10 de outubro https://veja.abril.com.br/saude/cancer-o-primeiro-tratamento-100-individualizado-e-feito-no-brasil/?utm_source=whatsapp), o Sr. Dória responde reduzindo os salários (abono de permanência, gratificações e pensão por morte) dos servidores. E não se vergonha disso.

Cesar José Pagan (Campinas, 2019-11-29)

#166

É absolutamente inaceitável qualquer alteração significativa na aposentadoria de servidores com mais de 30 anos de contribuição e que estão próximos de integralizar tempos de contribuição e idade mínima. Isso deveria, no mínimo, ser discutido de forma honesta e ponderada pela ALESP e não simplesmente imposto às pressas como quer o atual ocupante do governo do estado.

FABIO AUGUSTO (Campinas, 2019-11-29)

#169

Não concordo com essa proposta. É prejudicial ao trabalhador.

Reinaldo Feres (São José do Rio Preto, 2019-11-29)

#176

ESSA PROPOSTA È ABSURDAMENTE CONTRARIA AOS MINIMOS INTERESSES DOS TRABALHADORES DO ESTADO DE SP.

Jaime Edmundo Apaza Rodriguez (Ilha Solteira, 2019-11-29)

#180

Não concordo com a reforma da previdência de Dória

Josiane Canaan (Araraquara, 2019-11-29)

#189

Sou contra essa reforma

Selma de Lima (Campinas, 2019-11-29)

#190

Debate democrático em primeiro lugar!

Regina A V S Andrada e Silva (Sao Paulo, 2019-11-29)

#192

não concordo com o aumento da aliquota de 11 para 14% da contribuição para SPPrev

Marco Rossi (Bauru, 2019-11-29)

#197

Eu estou assinando porque isso é mais uma etapa de desmonte de serviços público de qualidade.

Marcos Antunes Antunes (Bauru, 2019-11-29)